(48) 99679-5998

Fale Conosco


Acesse nossa
Página

Siga-nos no
Instagram

Inscreva-se no
Nosso Canal

Bom dia!

Quinta-Feira, 27 de Janeiro de 2022

(48) 99679-5998




Volta às aulas presenciais da rede estadual de SC em 2020 será para reforço escolar, segundo governo

"Os conselhos de classe estão finalizando agora no mês de setembro a avaliação, de modo que teremos a definição dos alunos do 3º ano que serão convidados para reforço da aprendizagem", explicou o secretário de Educação Natalino Uggioni em coletiva de imprensa nesta quarta.

Educação

09 de Setembro de 2020


09/09/2020 16h03 - Atualizado em 09/09/2020 16h04


Plano de contingência para retomada do ensino presencial foi finalizado e deve ser usado por municípios para estabelecer critérios específicos. 'Não terá retorno da totalidade dos estudantes', diz secretário da Educação.

O Governo de Santa Catarina finalizou o plano estadual de contingência para a retomada das aulas presenciais na rede pública e privada, do ensino infantil ao médio no território catarinense. Segundo apresentação do documento na manhã desta quarta-feira (9), o retorno em 2020 na rede estadual de educação será destinado para reforço escolar dos alunos que tiveram dificuldades de acompanhar as atividades remotas.

As Secretarias de Educação, de Saúde, de Defesa Civil e outras autoridades que participaram da elaboração do plano falaram sobre ele durante pouco mais de uma hora e reforçaram que o retorno gradual será de uma série a cada sete dias, começando pelo 3º ano do ensino médio até a 7ª série, por alunos com dificuldades de acompanhar as atividades retomadas.

REFORÇO ESCOLAR: A Secretaria de Educação informou que o tipo de avaliação dos alunos foi modificada, mas que a aprendizagem continua sendo avaliada e os estudantes não terão aprovação automática no ano letivo de 2020. A definição dos alunos que vão voltar presencial será definida. "Não teremos aquelas aulas com as grades sequencias [como antes da pandemia], teremos professores atendendo os alunos", detalhou Uggioni.

O planejamento é que apenas os estudantes que tiveram com dificuldades de aprendizagem durante o ensino remoto voltem às salas de aulas em 2020 na rede estadual. Mas se algum aluno que não se enquadre na necessidade de reforço queira voltar, não será impedido, segundo o secretário da Educação.

Compartilhe esta notícia



Voltar


Telefone

(48) 99679-5998

Redes Sociais



Copyright 2021 - Todos os direitos reservados - Edio Antônio